FAMOSOS:”MasterChef” pode sofrer boicote após morte de cão em hipermercado


O clima de revolta nas redes sociais é grande e deve sobrar até para o “MasterChef”, da Band.
Internautas criaram hashtags nas redes sociais  e estão protestando após a morte  de um cachorro nas dependências na franquia do estabelecimento localizado na Avenida dos Autonomistas, em Osasco, na Grande São Paulo (SP).
Um funcionário terceirizado de uma rede de supermercados se envolveu numa polêmica após ser suspeito de matar um cachorro a pauladas, na última quarta-feira (28).
Além de boicote ao hipermercado, internautas pedem o fim da parceira do “MasterChef” com a rede, que patrocina a atração há anos.
O episódio que vai ao ar neste terça, 4, é a semifinal da temporada. Nos posts que promovem o programa no Instagram e no Facebook, uma enxurrada de comentários pedem o fim da patrocínio. “Vão continuar usufruindo de produtos de supermercado que maltrata seres indefesos?”, disse uma seguidora.
”Vamos boicotar o programa que promove uma marca dessas!”, destacou uma seguidora.
”O MasterChef não pode divulgar essa gente!”, postou outro.
Patrocinador do reality exibido pela Band, o a rede de supermercados em questão  lançou campanhas de artigos colecionáveis da atração como facas, refratários e aventais . 
Trata-se do mais antigo e importante patrocinador da competição de gastronomia na Band, promovendo desde 2015 várias ações em conjunto com a emissora e investindo em cotas que ultrapassam a casa dos R$ 3 milhões.
Procurada, a Band nao manifestou sobre o assunto. Nos bastidores comenta-se que o programa vai evitar mostrar o patrocinador nesta noite.
Em nota, o Carrefour, supermercado em que ocorreu o fato, diz que reconhece que um grave problema ocorreu em sua loja de Osasco. A empresa não vai se eximir de sua responsabilidade.
"Estamos tristes com a morte desse animal. Somos os maiores interessados para que todos os fatos sejam esclarecidos. Por isso, aguardamos que as autoridades concluam rapidamente as investigações. Desde o início da apuração, o funcionário de empresa terceirizada foi afastado. Qualquer que seja a conclusão do inquérito, estamos inteiramente comprometidos na reparação desse dano", diz a assessoria de imprensa do hipermercado.

VIA: BLOG KEYLA JIMENEZ

Nenhum comentário

Siga nossas redes

Tecnologia do Blogger.