MACAU: Tulio Lemos enrolou, enrolou, atacou novamente as gestões passadas e não respondeu nada na CPI do lixo em Macau.



O prefeito de Macau, Túlio Lemos (PSD), foi a Câmara Municipal de Macau responder algumas perguntas sobre a antiga empresa de coleta de lixo que fez parte de sua gestão durante o ano de 2017.

Túlio foi interrogado pela comissão no qual fazia parte os vereadores Emmanuel Clélio (KEKEL), Cláudio Gia (PT) e Oscar Paulino (MDB), líder do governo na CMM. Em todo o interrogatório, Túlio Caçoou, fez chacota dos vereadores e em algumas perguntas fugiu dizendo ele que DESCONHECIA alguns questionamentos que foi lhes feito.

O prefeito, como sempre em suas faláceas nos meios de comunicação e por meio de notas de esclarecimentos que já estão saturadas aos olhos do povo macauense, insistiu em atacar e colocar a culpa nas gestões passadas, mas esquecendo que muitos das gestões passadas estão dentro do seu governo hoje. Túlio esquece que ele mesmo falou que não se trabalha de olho no retrovisor, mas as palavras foram embora junto com suas ideologias da época em que era " jornalista".

Por fim, uma nota rodou as redes sociais falando que o prefeito teria "ENTERRADO A CPI DO LIXO", mas pelo que sabemos no "café da tarde", o MP irá receber o relatório da comissão para analisar mesmo se o "coveiro" foi conivente ou não com o que disse.

Aguardemos cartas?

Nenhum comentário

Siga nossas redes

Tecnologia do Blogger.