GUERRA A VISTA: “ Eu não ameaço, eu faço”. Disse o vereador e líder do governo na CMM, Oscar Paulino.


Já não bastasse o sofrimento do povo macauense com saúde precária, educação de péssima qualidade, falta de medicamentos nos postos de saúde, falta de água e merenda escolar para os alunos nas escolas municipais entre tantos outros problemas que o povo está tendo de aturar por ter feito a escolha errada nas eleições passadas, o vereador e líder do governo Oscar Paulino (MBD), com 7 mandatos no legislativo, fazendo uso da tribuna foi a câmara municipal declarar " guerra " aos vereadores de oposição onde diz que: " O prefeito está no seu limite e quando estamos no nosso limite reações e coisas podem acontecer" e completou " Eu não ameaço ninguém, eu vou lá e faço".

Macau tem conhecimento dos posicionamentos do nobre edil durante os governos passados e com este não seria diferente, Oscar nunca conseguiu se segurar na cadeira da oposição em Macau e ainda conseguiu "iludir" alguns quando iniciou seu mandato em 2016 como oposicionista ao governo no qual hoje ele faz parte.

O blog lembra bem os absurdos que eram cobrados da boca do próprio vereador até mesmo para a comunidade de Diogo Lopes que o mesmo "representa". 

Oscar diz que o prefeito está em seu limite, mas ele não lembra que maior que a força do executivo é a do povo, prova disso foi a sessão polêmica em que o prefeito esteve e quase foi linchado pelas mesmas pessoas que o colocaram la é que hoje são seus maiores opositores.

Segue o áudio do blog Edesio Silva


Nenhum comentário

Siga nossas redes

Tecnologia do Blogger.