FAMOSOS: Eduardo Costa é investigado por fraude milionária em MG


Eduardo Costa está sendo investigado pela Polícia Civil de Minas Gerais por suspeita de estelionato em uma negociação imobiliária.

O cantor teria trocado uma casa na região de Capitólio no valor de R$ 2 milhões, no sul do estado, por outra no Lago da Pampulha, em Belo Horizonte, avaliada em R$ 9 milhões. O restante, ele quitou com bens de luxos, como carros e barcos.

No entanto, os novos donos do imóvel alegam terem sido enganados pelo sertanejo. Isso porque o terreno, situado às margens do Lago de Furnas, é alvo de desapropriação pelo Ministério Público Federal desde 2013. 
Em 2014, cerca de 240 construções em Áreas de Preservação Permanente da região foram notificadas pelo MPF com o risco de serem demolidas. Os proprietários garantem que não sabiam dessa situação e acusam Eduardo Costa de estelionato.,

Procurada, a assessoria do cantor informou que as questões levantadas "estão em litígio judicial e não há a sentença transitada em julgado". "Não há qualquer decisão judicial definitiva, seja com relação às questões cíveis e/ou de âmbito penal. A assessoria de imprensa do cantor Eduardo Costa, em respeito a seus fãs e admiradores, apenas esclarece que as acusações à sua figura pública são totalmente falaciosas, sendo certo que não foram colocados à tona os fatos realmente ocorridos", diz a nota emitida pelos assessores.

A Polícia Civil de Minas Gerais também foi acionada, mas não se manifestou sobre o caso até a publicação desta nota.

R7

Nenhum comentário

Siga nossas redes

Tecnologia do Blogger.