ESTADO: Deputado quer transformar Carnaval de Macau em patrimônio cultural do RN


Uma das festas populares mais tradicionais do Rio Grande do Norte, o Carnaval de Macau pode tornar-se, oficialmente, patrimônio cultural, imaterial e histórico do Estado. É o que defende o deputado estadual George Soares (PR), autor do Projeto de Lei com essa finalidade, que começou a tramitar esta semana na Assembleia Legislativa.
“Pela tradição carnavalesca que o município de Macau possui, com a atração, nesse período, de um número superior de visitantes às demais cidades norte-rio-grandenses e pelo fato de a festa estar entre as maiores do Nordeste, justifica-se a necessidade da existência dessa proposição”, explica o parlamentar em defesa da aprovação do Projeto de Lei.
Na justificativa da proposta, George Soares faz amplo resgate da história do Carnaval da cidade localizada na região da Costa Branca. O deputado fez menção à origem da festa, ainda no século XIX, bem como à sua efervescência nos anos 1930. Na pesquisa, o parlamentar também explana a evolução dos festejos em Macau e o surgimento do seu tradicional mela-mela.
O Projeto de Lei tramita nas comissões permanecentes da Casa, órgãos do legislativo estadual responsáveis pela análise prévia das proposições, antes de serem submetidas ao plenário. Se aprovada pelo pleno, a proposta assegura ao Carnaval de Macau o título de patrimônio potiguar, sob o aspecto cultural, imaterial e histórico.

G1RN

Nenhum comentário

Siga nossas redes

Tecnologia do Blogger.