CHUVAS: EMPARN confirma chuvas acima da média no Rio Grande do Norte


A Unidade de Meteorologia da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn) divulgou um relatório nesta sexta-feira, 20, com as informações pluviométricas no estado. Os dados foram baseados com um monitoramento realizado do dia 1º de janeiro até a última quarta-feira, 18.

O levantamento revelou que o acumulado ficou 22,3% acima da média, apesar do período sem chuva, chamando de veranico, ter sido prolongado no mês de março. A média utilizada para o estudo, segundo o chefe da unidade, Gilmar Bristot, refere-se aos dados coletados, no período de 2003 a 2016, dos postos pluviométricos do estado.

A pesquisa foi realizada mês a mês e por mesorregião, em fevereiro, na sede da Emparn, no bairro do Jiqui, em Parnamirim. O estudo confirma as previsões dos meteorologistas de que as chuvas estão acima da média em várias regiões do RN e do Nordeste, principalmente no semiárido, que atravessava seis anos consecutivos de estiagem.

No mês de janeiro, nas quatro regiões do Estado, as precipitações acumuladas chegaram a uma média observada de 50,6mm, quando comparada a uma média histórica de 36,9mm, indicando um desvio positivo de 37,1%.
No mês de fevereiro, as chuvas acumuladas atingiram uma média de 163,4mm, para uma média histórica de 70,5mm, apontando um saldo acima da média de 131,9%.

No mês de março, quando ocorreu o veranico de mais de 20 dias, as chuvas observadas chegaram a 105,6mm, para uma média de 147,6mm, portanto um resultado negativo (-28,4%).

Até a quarta-feira, 18, o mês de abril vem apresentando um comportamento altamente favorável e o RN acumulou cerca de 486,8 milímetros, para um histórico do clima de 398,0mm, o que representa 22,3% acima da média.

AGORA RN

Nenhum comentário

Siga nossas redes

Tecnologia do Blogger.